Após tomar conhecimento do decreto n.º018/2022 de autoria do executivo, que atinge diretamente a classe dos moto-entregadores de Gravatá, o Vereador Gil Dantas de Uruçu (PSDB), tomou a frente, e se posicionou a favor da categoria.

Até o momento, ele foi o único vereador a tomar as dores da categoria, e já adiantou a reportagem que vai cobrar providências para que esse decreto seja instinto.

“Esse decreto não existe é um absurdo”, “Temos que marcar um reunião urgente e se for o caso, marcar uma audiência pública com toda a categoria dos Motos entregadores de Gravatá”, “Já estou consultando minha área jurídica para ver a possibilidade de extinguir esse decreto”.

Disse Gil Dantas.

Com esse decreto, a categoria dos moto-entregadores serão atingidos diretamente. Outro ponto a observar é que, atrelado a classe, o Delivery será abalado.

O decreto exige várias modificações que implicará toda a classe. Como exemplo: Ter maioridade, (21 anos), está com o IPTU em dia, Necessidade de autorização para rodar na cidade, cobrança de taxas, moto só pode rodar com 5 anos para frente, necessidade de curso de capacitação para atuar na área, laudo psicológico, além de outras diversas exigências.

Confira o vídeo acima!



Move - Você viu, seu cliente verá!

Os comentários estão desativados.