O domingo em Gravatá, foi marcado por muita cachaça, relatos de uso de drogas, e uma mulher que tirou a roupa na frente de crianças enquanto a maioria dos participantes, estavam sem máscaras.

De um lado, crianças brincando e presenciando cenas obscenas no Alto do Cruzeiro, do outro, adultos irresponsáveis. Os parques deram lugar a cachorrada, um verdadeiro CABARÉ ao ar livre.

A polícia foi solicitada ao local, e dispensou aos participantes. Se continuar desta forma, sem controle, a conta poderá respingar no comércio local, pois conhecendo o Governo Estadual, vendo uma cena como essa no Alto do Cruzeiro, poderá tomar medidas drásticas, ao exemplo de FECHAR TUDO.

A cidade aparenta não ter ações de combate a pandemia. As pessoas precisam se conscientizar pois a pandemia ainda não acabou. A gestão municipal tem que tomar medidas durante o final de semana nos principais pontos turísticos da cidade, incluindo o CRUZEIRO.

O Conselho Tutelar deve se atentar ao caso e tomar medidas que venham evitar que crianças sejam expostas a tal obscenidade ao qual, aconteceu no cruzeiro.

Em respeito as famílias gravataenses, o DE OLHO EM GRAVATÁ não irá disponibilizar os vídeos do Alto do Cruzeiro.



PubGS - Você viu, seu cliente verá!

Os comentários estão desativados.