Fotos: Gilvan Silva (GMK Imagens e FotoMaker)

Foram analisadas e votadas na manha desta terça-feira (21/06), as contas do exercício 2015, do ex-prefeito afastado, Bruno Martiniano. A sessão iniciou por volta das 10h e contou com a presença do renomado advogado, Dr. Silvio Pessoa, que na ocasião, representava o ex-prefeito.

Apenas 12 vereadores compareceram a sessão, sendo eles, os vereadores Bruno Sales (PSDB), Gil Dantas (PSDB), Tadeu Orlando (PSDB), Suíno (PSB), Regis da Compesa (PSL), Leandro do Transporte (PL), Zé da Saúde (PSB), Leo Giestosa (PTB), Cabritinha (PSB), Toinho da Rodoviária (PTB), Nenê de Uruçu (PV) e Léo do AR (PSDB).

Segundo o presidente da Câmara, Léo do AR, a votação deveria ter ocorrido duas semanas atrás, mas devido aos cumprimentos de prazos regimentais, a notificação de Bruno só ocorreu semana passada.  

O presidente concedeu ao advogado 20 minutos, para que fosse formulada a defesa na tribuna da Câmara. O perecer do Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE) era de reprovação das contas.

Fotos: Gilvan Silva (GMK Imagens e FotoMaker)

Na tribuna, o advogado agradeceu e parabenizou os vereadores pela postura e transparência, mas se absteve da formulação de defesa, citando decisão conjunta ao cliente, neste caso, Bruno Martiniano.

O presidente denominou que a votação fosse nominal. E pelo placar de 12×0, as contas de Bruno foram reprovadas. Com a reprovação das contas, Bruno fica inelegível, sendo impossibilitado de concorrer a cargos públicos.



Continue Lendo Essa Matéria no seu Celular!

QR Code


Move - Você viu, seu cliente verá!

Os comentários estão desativados.