Entrevista com os verdadeiros contemplados das casas populares. Foto: José Fábio/Cortesia

O advogado Paulo Lins, participou de uma entrevista na Rádio Nova FM 106,7 Mhz, acompanhado de representantes dos sorteados pela Caixa Econômica Federal na gestão do ex-prefeito, Joaquim Neto (PSDB).

Segundo o competente advogado, corre na Justiça Federal, a ação nº0800836-042021.4.05.8302 empreitada contra a Caixa Economia Federal e a Prefeitura de Gravatá, referente a causa dos sorteados do Minha Casa, Minha Vida da cidade de Gravatá, Agreste de Pernambuco.

Na noite desta terça-feira (11/05), foi realizado “UM NOVO SORTEIO SURPRESA”, onde segundo Paulo Lins, foi irregular, pois não contou com a presença da Imprensa, representante legal da Caixa Econômica Federal e do Ministério Público de Pernambuco. Uma lista contendo nomes de Aptos e não Aptos também será juntada a ação na Justiça Federal.

Ainda durante a entrevista, uma das participantes informou que pessoas da cidade de Bezerros, distante 18 km, e funcionários da atual gestão, foram contemplados nesse novo sorteio realizado de surpresa.

O advogado enfatizou inicialmente, que toda gestão é marcada por uma ação, “essa ficará marcada por acaba com o sonho do povo de gravata”, disse.

Os ancoras do programa, José Fábio e Ângelo Márcio, tentou contato ao vivo com o gabinete do prefeito, mas não foram entendidos.



PubGS - Você viu, seu cliente verá!

Os comentários estão desativados.