Setembro Amarelo: Posto I realiza ação de Conscientização Contra o Suicídio

Reportagem
26100

A Unidade Básica de Saúde Fernando da Veiga Pessoa, mais conhecida como Posto 1, no município de Gravatá-PE, promoveu na manhã desta terça-feira (08), uma palestra em referência ao Setembro Amarelo, campanha destinada à conscientização e prevenção ao suicídio, que acontece durante todo o mês de setembro.

A palestra foi ministrada pela psicóloga Catarina Parente e dirigida aos pacientes e acompanhantes que estavam na fila de espera, na recepção da unidade. Dentre os tópicos abordados na discussão estiveram “Os sinais que indicam que uma pessoa pensa em suicídio”, “O pré-julgamento presente na sociedade sobre vítimas do suicídio” e “Prevenção e incentivo ao apoio às pessoas que pensam em suicídio”.

Esse tema está rodeado de tabus e as pessoas não querem discutir sobre ele porque acham que, se falar sobre, o número de suicídio pode aumentar. Mas o que acontece é o contrário, pois, quando fazemos a divulgação do assunto, damos oportunidade para que as pessoas falem sobre os próprios sofrimentos psíquicos. Muitas pessoas têm parentes em casa que estão com depressão e não sabem identificar os sintomas. Por incrível que pareça, apesar do assunto ser pouco abordado, o suicídio é uma das principais causas de morte que existe”, pontuou a palestrante.

Dados colhidos no ano passado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) mostram que o suicídio é a segunda maior causa de morte entre jovens de 15 e 29 anos, atrás apenas de acidentes de carro. A OMS ainda divulgou que uma pessoa se suicida a cada 40 segundos no mundo, resultando em 800 mil mortes por ano. A depressão, consumo de drogas e esquizofrenia são os principais responsáveis pelo alto número de casos.

É de extrema importância que pessoas com sintomas e pensamentos suicidas procurem ajuda. Gravatá dispõe de profissionais especializados na área para atendimentos nas Unidades Básicas de Saúde da cidade, bem como, no CAPS (Centro de Atenção Psicossocial), que fica localizado na rua Izaltino Poggi, 33, ao lado do Posto I, no Prado e funciona no horário das 8h às 17h.

Os comentários estão desativados.