Profissionais terceirizados da Via Ambiental, empresa que prestava serviço de limpeza urbana para a Prefeitura Municipal de Gravatá, se manifestaram na manhã desta quarta-feira (09/03), em frente ao Palácio Joaquim Didier, sede do poder executivo.

Os trabalhadores informaram que estão com salários atrasados e que não receberam os vales alimentações (SODEX). Eles ainda temem perder todos os direitos trabalhistas.

Os profissionais reivindicaram em frente a prefeitura, dialogo com o prefeito Joselito Gomes (PSB), que infelizmente não atendeu os trabalhadores. Após aguardarem por horas por uma decisão, uma comissão formada por 4 profissionais da limpeza foi recebida por advogados e pelo chefe de gabinete da gestão.

Para o De Olho Em Gravatá, a comissão representada pelo profissional, Augusto, informou que a gestão não repassou o pagamento para a empresa Via Ambiental.

Ainda segundo os profissionais, a gestão informou que o valor não foi repassado, porque a mesma não passou a metragem.

A comissão ainda informou que um secretário da gestão recomendou aos profissionais, procurar um advogado para ingressarem na justiça para poder receber.

Em nota publicada nas redes sociais, a prefeitura informou que está em dia com a empresa Via Ambiental, e que o pagamento do salário, assim como verbas rescisórias, dos servidores contratados é de responsabilidade da empresa.



Move - Você viu, seu cliente verá!

Os comentários estão desativados.