Fotos: GMK Imagens

A categoria dos professores de Gravatá ainda não receberam o reajuste do piso salarial que deveria ser disponibilizado pelo prefeito Joselito Gomes (PSB).

Após várias tentativas d/e tratar o assunto e não recebem recebidos pelo prefeito, nem por secretários, os profissionais realizaram nesta terça-feira (08/03), um manifesto em frente a prefeitura.

Com cartazes, ato silêncios tentou chamar a atenção da gestão para a reivindicação da categoria, e pegou todos de surpresa. Nem a imprensa local foi informada sobre a realização do manifesto.

Logo em seguida, a categoria se dirigiu a Câmara de Vereadores de Gravatá, onde lá, cobraram um posicionamento do legislativo, que por sua vez reforçou que já reivindicou da gestão, o tão esperado reajuste dos profissionais.

A indicação nº015/2022 de autoria do Presidente da Câmara, Vereador Léo do AR (PSDB), assinado pelo G8, solicita justamente o reajuste do Piso Salarial dos Professores ao prefeito.

Os docentes solicitam reajuste de 33,24% no piso, conforme foi oficializado e proposto pelo Ministério da Educação e pelo presidente Jair Messias Bolsonaro. O piso do professor foi elevado de R$ 2,8 para R$ 3,8 mil reais.



Move - Você viu, seu cliente verá!

Os comentários estão desativados.