Quem frequenta as Praças de Gravatá se depara com uma cena triste onde plantas e árvores estão morrendo além de fezes de animais que são encontrados com facilidade, podendo transmitir alguma doença para quem frequenta os locais. 

Na Praça da Matriz, onde fica a Paroquia de Sant’Ana é possível ver fezes de animais espalhados para todos os locais, além de plantas secas por falta de irrigação. Na mesma praça é possível ver bancos com defeitos, além de  dois reservatórios que antes tinham água e hoje acumulam apenas sujeira. Sem falar que na Praça da Matriz existem diversos pombos que são alimentados por populares.

Na Praça do Sapo em frente ao Banco do Brasil é possível ver plantas murchas por falta de irrigação além de um antigo chafariz que hoje só acumula sujeira. Alguns bancos também estão danificados precisando de manutenção.

Na Praça Rodolfo de Morais em frente à prefeitura de Gravatá a cena se repete, plantas sem irrigação árvores precisando de poda.

A Praça do Rotary localizada ao lado do Rotary Club de Gravatá também precisa de manutenções. Segundo informações dos rotarianos, a praça receberá manutenções por parte do Rotary Club de Gravatá.

As informações foram apuradas e repassadas pelo gravataense, Demar do Prado que vem fiscalizando diariamente a situação das praças e tem denunciado o fato na Rádio Nova FM 106,7 Mhz, durante o programa matinal ‘A Hora da Verdade’ ancorado por Gilvan Vieira.

Vale enfatizar que antes um carro-pipa pertencente a Prefeitura de Gravatá  molhava as plantas das praças, mas desde 1 de janeiro de 2021 que nenhuma manutenção ou irrigação de plantas são realizadas.



PubGS - Você viu, seu cliente verá!

Os comentários estão desativados.