Paciente. Foto: Cortesia

A gravataense, Marcicleide dos Santos, 32 anos, procurou na manhã desta sexta-feira (26/02), o Hospital de Emergência, Dr. Paulo da Veiga Pessoa, com dores na região da garganta, febre, perca momentânea do paladar, tosse e coriza.

A paciente deu entrada no Hospital as 08h35 da manhã e foi encaminhada ao 1º Andar, área reservada a COVID-19, onde aguardou por 3h e não foi atendida por um médico.

Revoltada com a situação, a paciente deixou a área da COVID e foi embora do hospital. Antes de deixar o hospital, um Assistente Social que estava no hospital, identificado por ela como Danilo, teria sugerido a paciente para que ela relatasse o problema numa caixa de sugestões, mas ela informou que “nada melhor que internet para relatar um problema”.

Além de relatar o problema para nossa reportagem, a paciente publicou em seu perfil no Facebook, seu relato sobre esse caso. Ouça o relato da paciente.



PubGS - Você viu, seu cliente verá!

Os comentários estão desativados.