© Fotos: De Olho Em Gravatá/Direitos reservados

A reportagem do De Olho Em Gravatá foi procurada pelo morador, Miguel Levi, residente na Rua José Mendes Gonçalves, no Bairro da Boa Vista, que relatou que a Rua e também, a Travessa José Mendes Gonçalves encontram-se na escuridão há mais de 6 meses.

Nossa reportagem no local, identificou dois postes apagados na Rua José Mendes Gonçalves, e mais dois postes apagados na Travessa José Mendes Gonçalves, sendo esses últimos, os únicos existentes no local.

Os moradores relatam medo, pois a noite, a localidade viram um verdadeiro breu. E o medo de assaltos aumenta, os moradores que possuem iluminação do lado de fora, tenta minimizar a situação, mas se revoltam quando lembram que a taxa de iluminação vem na conta de energia, e é paga mensalmente.

“Pagamos por um serviços que não é prestado, isso é revoltante”.

Relata a maioria dos moradores no local.

O morador, Miguel Levi, ainda informou a reportagem que procurou a Celpe, hoje Neoenergia, para relatar o caso, mas nada foi feito até hoje.

Em contra partida, a reportagem do De Olho Em Gravatá tomou a frente, e manteve contato com a Neoenergia (CELPE), para que a empresa tomasse um posicionamento. Mas para nossa surpresa, informaram que esse serviço de manutenção de iluminação pública, é de responsabilidade do município, ou seja, da Prefeitura de Gravatá.

Cabe agora a gestão municipal, através do seu setor competente, ir ao local e realizar a devida manutenção nos 4 postes relatados nesta reportagem, garantindo assim, o direito dos moradores a iluminação pública, que já pagam sem ter.

Move - Você viu, seu cliente verá!

Os comentários estão desativados.