Foto: Concurseiros/Cortesia

Os concurseiros que participaram do Concurso Público da Prefeitura de Gravatá, estiveram na manhã desta quarta-feira (13/10), na Câmara de Vereadores de Gravatá, onde protocolaram junto a secretaria da casa, um requerimento com número de protocolo nº286/2021.

Eles foram recebidos pelo presidente da Câmara, Léo do AR, e vereadores que compõe o G8, a exemplo dos vereadores Gil Dantas (PSDB) e Adeildo do Abacaxi (MDB).

Os Concurseiros requerem à Câmara, a apreciação da legalidade do decreto nº080/2021 de 06 de Outubro de 2021, que refere-se à anulação do Concurso Público.

Além da apreciação do decreto, os candidatos que estavam representados por uma comissão, requereram ainda, a realização de uma Audiência Pública entre os Poderes Legislativo e Executivo e os mais de 33 mil candidatos, com o objetivo dos órgãos competentes prestarem esclarecimentos a cerca da anulação do Concurso Público da Prefeitura de Gravatá.

Na Audiência deverão estar presentes:

  • Excelentíssimo Senhor Prefeito, Joselito Gomes;
  • Excelentíssimo Senhor Procurador — Geral, Brasílio Guerra;
  • Excelentíssimo Senhor Secretário da Administração, Laércio Roberto Lemos de Souza;
  • Excelentíssimo Senhor, Joaquim Neto de Andrade Silva;
  • Excelentíssimo Senhor Vice-Presidente do TCE-PE, Ranilson Ramos ou representante;
  • Excelentíssimo Senhor Procurador do Ministério Público de Contas, Ricardo Alexandre de Almeida Santos;
  • Instituto de Administração Tecnologia — ADM&TEC — CNPJ n° 35.328.913/0001-16.

O requerimento já repercute entre os parlamentares, tanto na Câmara, quanto na Prefeitura.



PubGS - Você viu, seu cliente verá!

Os comentários estão desativados.