A Comissão de Candidatos acompanhados dos concurseiros que se sentiram lesados com a proibição do concurso, acionaram o Ministério Público de Gravatá, prestando uma queixa crime contra a ação do Prefeito, Padre Joselito Gomes (PSB), que de forma unilateral suspendeu o certame.

A prefeitura ainda não se pronunciou oficialmente sobre o caso, estaremos acompanhando de perto o desenrolar dessa história onde milhares de pessoas foram prejudicadas enquanto o Prefeito abarrota a prefeitura com nomeações e contratações de cunho político.



PubGS - Você viu, seu cliente verá!

Os comentários estão desativados.