Ações de Limpeza no Rio Ipojuca preveniram possíveis Alagamentos

25569

Nesse período chuvoso, a preocupação dos moradores que residem em áreas ribeirinhas aumenta, e na região metropolitana do Recife, já somam 12 mortes por deslizamentos, além de 1,2 mil pessoas desalojadas durante esse período.

Em Gravatá, no Agreste do Estado, o prefeito Joaquim Neto (PSDB), realizou no ano de 2018, e no mês de março deste ano, através da secretaria de infraestrutura, limpeza intensa no Rio Ipojuca, rio que corta a cidade, removendo toda pastagem, baronesas e lixos que no Rio, foram jogados por moradores.

Essa ação deu mais fluidez as águas, e pode ter livrado possíveis inundações de ruas ribeirinhas da cidade nesse período chuvoso. Até o momento, nenhum caso envolvendo chuvas na cidade foi registrado, o que reforça a tese de que a ação contribuiu de forma positiva.

O secretário de Meio Ambiente, Aarão Netto, já citava sua preocupação com o período chuvoso, e para ele, a ação foi de grande importância. “Essa limpeza é de suma importância para a nossa cidade, além de nos preparamos para as chuvas e o aumento da água no rio devido ao inverno, cuidamos também da saúde pública da população, diminuindo os insetos e combatendo a proliferação do mosquito Aedes Aegypti”, Disse ele no dia da limpeza do Rio, a imprensa local.

Ações de Limpeza no Rio Ipojuca preveniram possíveis Alagamentos
4.7 (94.75%) 16263 votos

Avalie-nos - Deixe Sua Opinião!

Anuncie