Tratamento de 6 meses faz Netinho superar tontura após AVC

102
(Post atualizado em: 18 de Janeiro de 2015)

Em agosto de 2014, Netinho usou seu Facebook para anunciar que faria um tratamento chamado de Manobra de Epley, para sanar a tontura que sentia deste que sofreu um acidente vascular cerebral, em 2013. Nesse sábado (17), o cantor usou a mesma rede social para anunciar sua alta do tratamento em um post emocionado.


“Apesar de não poder ainda voltar a trabalhar, eu vou muito animado e esperançoso de que esta tontura constante e persistente desapareça por completo adiante já que tudo que a Medicina pode fazer em meu caso já foi feito”, escreveu.
“A tontura ocasional que aumentava muito a tontura constante quando eu fazia movimentos de cabeça diminuiu consideravelmente. Ainda faço e seguirei em casa fazendo a última e mais difícil manobra desse tratamento. Esta ainda me deixa muito tonto e enjoado mas, como aconteceu com todas as outras manobras, esses efeitos diminuirão muito em breve. Foi por causa desse tratamento que insisti e fiquei aqui até hoje, apesar da imensa vontade de voltar pra casa e para a música.”, continuou.
O cantor ainda agradeceu toda a equipe médica que o atendeu durante essa nova passagem pelo hospital.
Internação em 2013
Netinho recebeu alta do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, em 20 de agosto de 2013, após sete meses internado. 
Tudo começou quando o cantor precisou passar por uma cirurgia, no Hospital Aliança, em Salvador. Depois do procedimento, ele teve uma hemorragia no fígado, que o levou à UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Uma semana antes, Netinho já havia passado seis dias na mesma instituição, devido a uma “lesão aguda no músculo ilíaco direito”. No início de maio, o músico foi transferido para São Paulo. 
Em junho, após mais de 50 dias internado, que contaram, entre outros contratempos, com hemorragias cerebrais, Netinho deixou a UTI do Sírio-Libanês.
Com Informações: Terra
Tratamento de 6 meses faz Netinho superar tontura após AVC
Ainda não votou
Like
Curtir Amei Haha Uau Triste Irritado