Santa vence no Arruda o CRB por 2a1

158

Não há o que contestar. A vitória do Santa foi merecida. O time bobeou no início do jogo e, aos três, Zé Carlos, o melhor do CRB, apareceu na área para cabecear e deixar os alagoanos na frente. 


O Tricolor não se abalou e criou grandes oportunidades no primeiro tempo. As melhores foram aos 18, numa cabeçada de Marlon na trave, e aos 33, numa bicicleta de Anderson Aquino. 

O problema foi a expulsão de Diego Sacoman, aos 45. Parecia que o CRB levaria a melhor. Parecia. O Galo até criou mais uma boa chance com Zé Carlos, mas voltou muito mal para a segunda etapa. 

Com sono. O Santa apertou, tocou a bola e empatou a partida aos três, numa linda jogada de João Paulo. A massa inflamou e o segundo gol parecia questão de tempo. Nininho, num chutaço, acertou o travessão e, aos 34, casa do Galo caiu. Luisinho recebeu na direita e disse a Anderson Aquino: “Faz!”. 

Livre, o atacante tocou para o gol vazio e garantiu uma vitória épica do Santa.


Direto da Redação: A HORA DO GOLL
Santa vence no Arruda o CRB por 2a1
Ainda não votou
Deixe seu Comentário!
Anuncie

Anuncie