Santa Cruz vence o Mogi Mirim e enxerga o G-4 mais de perto

113


Com três volantes e priorizando a defesa, o Mogi surpreendeu ao abrir o placar em sua especialidade: jogada aérea. Edson Ratinho fez o cruzamento para Serginho, que exigiu boa defesa de Tiago Cardoso. No rebote, Geovane mandou para as redes. 


A vantagem do Sapo durou pouco. O experiente Grafite empatou ao aproveitar toque de cabeça dentro da área. A virada pernambucana nasceu em cobrança de pênalti sofrido por Lelê.

Anderson Aquino chamou a responsabilidade e mandou por baixo de Mauro. Grafite ainda perdeu boa oportunidade para fazer o terceiro gol do Tricolor.

Já no segundo tempo, na etapa final, o Mogi Mirim criou as melhores oportunidades para empatar. Diferente da etapa inicial, quando ficou atrás e buscou o ataque com lançamentos, o Sapo se impôs tentando surpreender o Santa Cruz. 


A primeira boa chance foi com Serginho, que chutou à esquerda da meta pernambucana. Luan, livre dentro da área, também arrematou pela linha de fundo. Mesmo com maior posse de bola, o Sapo não soube aproveitar. 

O time paulista ainda quase sofreu o terceiro gol, mas contou com a imprecisão de Luisinho, que mandou por cima.


Direto da Redação: A Hora do Goll
NRG: Núcleo de Reportagem Gravataense
Santa Cruz vence o Mogi Mirim e enxerga o G-4 mais de perto
Ainda não votou
Anuncie