Quem de fato acabou com o Turismo de Gravatá ?

230
(Post atualizado em: 10 de junho de 2016)
Foto: Gilvan Silva 

É público e notório que Gravatá se mantinha através do Turismo. Mais quem acabou com o turismo na cidade? essa pergunta é feita e refeita pela população Gravataense.

Vamos voltar no tempo. Gravatá até hoje teve exatos 26 prefeitos eleitos. Foram eles.

1º prefeito de Gravatá – Antonio Avelino do Rego Barros. governou de 1898 até 1902

2º Prefeito de Gravatá. – José Bezerra do rego Barros. Governou de 1903 a 1907


3º prefeito de Gravatá – PE – Joaquim Didier do Rego Maciel – governou de 1908 a 1913.


4º prefeito de Gravatá – PE – Possidônio do Rego Barros – governou de 1914 a 1916


5º prefeito de Gravatá – PE – Joaquim Didier do Rego Maciel – governou de 1917 a 1919


6º prefeito de Gravatá – PE – José Rodrigues Chaves – vice – substituto governou de 1917 a 1918


7º prefeito de Gravatá – PE – José Alves Varela – governou de 1920 a 1922


8º Prefeito de Gravatá – Rodolfo Coelho de Moraes – governou de 1923 a 1925


9° Prefeito de Gravatá – PE – José Alves Varela – governou de 1926 e 1928


10° Prefeito de Gravatá – PE – Antonio Avellino da Silveira – governou de 1929 a 1932


11º Prefeito de Gravatá – PE – Manuel Rodrigues da Silva – Autoproclamou-se em 04 de 10 a 14 de 10 ( 10 dias de mandato )


12º prefeito de gravatá – PE – Devaldo Borges Alheiros Dias – governou de 1951 a 1954


13º prefeito de Gravatá – PE – João Noberto Regalado de 1959 a 1963


14º prefeito de Gravatá – PE – Aarão Lins de Andrade Filho – de 1955 a 1958


15º prefeito de Gravatá – PE – Paulo da Veiga Pessoa – de 1969 a 1972


16º prefeito de Gravatá – PE – Paulo Cremildo Batista de Oliveira – 1977 a 1982


17º prefeito de Gravatá – PE – José Emídio Fernandes – de 1983 a 1985


18º prefeito de Gravatá – PE – Arnaldo Pereira de Lucena – de 24 de 08 de 85 a 31 de 12 de 1988


19º prefeito de Gravatá – PE – Chucre Mussa Zarzar – de 1989 a 1992


20º prefeito de Gravatá – PE – Luis Alves de Oliveira – de 1993 a 1996


21º prefeito de Gravatá – PE – Silas Salgado da Silva – de 1997 a 2000


22º prefeito de Gravatá – PE – Aluizio José de Lorena – de 06 de 2000 a 31 de 12 de 2000


23º prefeito de Gravatá – PE – Sebastião Galvão Martiniano Lins – de 01 de 01 de 2001 a 04 de 2002


24º prefeito de Gravatá – PE – Joaquim Neto de Andrade Silva – de 05 de 2002 a 31 de 12 de 2008


25º prefeito de Gravatá – PE – Ozano Brito Valença – de 01 de 01 de 2009 a 31 de 12 de 2012


26º prefeito de Gravatá – PE – Bruno Martiniano – de 01 de 01 de 2013 a 31 de 12 de 2015.


Cada um desses tem uma história na cidade, histórias de luta e vitórias, conquistas e desenvolvimento. Esses 25 prefeitos anteriores, batalharam pela cidade, construíram patrimônios públicos, deram empregos aos trabalhadores, lutaram pelo turismo na cidade, e Gravatá ficou reconhecida por ter o quinto melhor micro-clima do mundo. Enquanto o 26º prefeito que hoje está afastado de sua função por improbabilidade administrativa, o que trouxe para Gravatá e qual benfeitoria o mesmo deixou ?. Ex que estamos chegando no objetivo.

Bruno nomeou vários secretários para sua gestão, secretários esses que eram responsáveis por pastas importantíssimas para a cidade, como citado no inicio, o Turismo. Na gestão do então prefeito afastado, quem era o secretário de turismo?. Era o então Vereador, parlamentar, autarquia, “Fernando Resende”. Ele ocupava mais duas pastas fora a de turismo, algo que hoje Gravatá sofre porque a fonte de renda da cidade era toda focada no turismo que era oferecido.

Fernando Resende contribuiu negativamente para o turismo da cidade, ele não conseguiu suprir as necessidades e não conseguiu acompanhar o porte turístico de Gravatá. Acabou entregando todas as pastas e retornando a sua cadeira de Vereador na câmara e deixando Gravatá a deriva com três pastas abandonadas e o turismo com dificuldades.

A Pergunta que todos querem saber é, quanto de investimento (Dinheiro do Povo) a prefeitura de Gravatá, durante a administração do prefeito afastado “Bruno Martiniano” repassou, investiu para o turismo da cidade, e quanto de retorno o mesmo teve?. Outra pergunta simples. Antes de Resende assumir a pasta de secretário de Turismo, quanto existia de verba (Dinheiro do Povo) para investimento e quanto ficou após a entrega da pasta pelo mesmo?.

Infelizmente, essas são perguntas que possivelmente ficaram sem respostas, mais o que se sabe de fato, é que a intervenção pegou uma bomba chiando e está com o tempo desarmando-a dentro das possibilidades, e ao mesmo tempo ouvindo a população e agindo dentro das possibilidades para solucionar os problemas, para que Gravatá seja entregue em 2017, com pelo-menos 90% menos problemas do que foi encontrado com então prefeito afastado.

Fica aqui aberto o espaço para o Senhor vereador, Fernando Resende, responder as perguntas a ele desferidas a explicar o porque de ter deixado três pastas, incluindo o turismo só após os desgastes das Secretarias.



Direto da Redação: Gilvan Silva

NA MIRA DA NOTÍCIA
Quem de fato acabou com o Turismo de Gravatá ?
Ainda não votou
Like
Curtir Amei Haha Uau Triste Irritado

Compartilhar no WhatsApp: