Prefeitura de Gravatá terá que refazer o pontilhão da linha férrea que ela própria derrubou.

165
(Post atualizado em: 26 de maio de 2015)
FOTO: DE OLHO EM GRAVATÁ


A Prefeitura de Gravatá terá que refazer o pontilhão da linha férrea que ela própria derrubou. A medida foi solicitada pela Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), que enviou representantes ao local nesta segunda-feira para avaliar os estragos ao equipamento, tombado como patrimônio estadual desde a década de 80 e embargar a obra.

A decisão técnica também determinou que a ponte seja reconstruída aproveitando o material da demolição. A inspeção verificou que a base de pedra de sustentação do pontilhão foi arrancada grosseiramente e que os trilhos e dormentes foram cortados com ajuda de um maçarico. O município foi notificado e terá de apresentar à fundação e ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) o projeto da obra prevista para o local.

A obra iniciada na quinta-feira passada e orçada em mais de R$ 147mil, foi embargada um dia depois pela Fundarpe, Iphan, Dnit, Ministério Público Federal e Ministério Público de Pernambuco. Com a retirada do pontilhão, a administração pretendia aumentar a fluidez do trânsito, entre as Ruas Amaury de Medeiros e Vereador Elias Torres. O Iphan aguarda o laudo técnico para definir as medidas a serem adotadas pelo órgão, que adianta: a prefeitura não tinha autorização para demolir o pontilhão.



Com Informações do Diário de Pernambuco
Prefeitura de Gravatá terá que refazer o pontilhão da linha férrea que ela própria derrubou.
Ainda não votou
Like
Curtir Amei Haha Uau Triste Irritado

Compartilhar no WhatsApp: