Metroviários de Pernambuco entram em estado de greve

181
FOTO:NE10

Os metroviários decidiram entrar em estado de greve durante assembleia realizada nesta quarta-feira (17), na Estação Central do Recife. A partir disso, a categoria pode optar pela paralisação por tempo indeterminado a qualquer momento. 

Contudo, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Metroviários e Conexos do Estado de Pernambuco (Sindmetro-PE), Diogo Morais, garantiu que uma nova assembleia será realizada antes da decisão.

“Nós teremos uma reunião com a empresa, em Brasília, para discutir os índices salariais. Caso não cheguemos a um percentual que agrade, vamos convocar uma nova assembleia para decretar a greve por tempo indeterminado”, explicou o presidente. A reunião com o Governo Federal vai acontecer entre os dias 30 de junho e 3 de julho.

A categoria reivindica um percentual de reajuste de 10% mais o valor da inflação, além de melhoria do piso da categoria, auxílio-farmácia e gratificação por desempenho por passageiros transportados. Enquanto isso, o Governo ofereceu um reajuste de apenas 5%, proposta apresentada durante a terceira rodada de negociações, que aconteceu entre 10 e 12 deste mês. Para a categoria, o valor não atende nem a reposição a inflação acumulada.

No ano passado, os metroviários também decretaram greve, mas para cobrar mais segurança no sistema, já que são registrados vários assaltos a funcionários e passageiros nas estações. Após acordo com a CBTU/Metrorec, os trabalhadores voltaram às atividades. Porém, os problemas com insegurança no local continuam acontecendo, tendo em vista o arrastão que aconteceu no último dia 9, entre as estações de Joana Bezerra e Largo da Paz.



Direto da Redação: Rodrigo Passos, da Folha de Pernambuco
Metroviários de Pernambuco entram em estado de greve
Ainda não votou
Like
Curtir Amei Haha Uau Triste Irritado

Compartilhar no WhatsApp:


Boa Live Gravata