Juizado da Páscoa avança em Gravatá‏

118

Representantes do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), Instituto de Criminalística, Polícia Civil, Conselho Tutelar, Polícia Científica, TJPE, Instituto Médico Legal (IML), entre outras entidades, foram recebidas pelo interventor de Gravatá, Mário Cavalcanti, nesta quinta-feira (10), na sede da Prefeitura, localizada no Centro. O encontro serviu para alinhar as providências necessárias para o Juizado da Páscoa que, na cidade, acontecerá nos dias 25 e 26 deste mês, quando serão realizados os eventos da Semana Santa 2016.

O Juizado da Páscoa funcionará na Escola Estadual Devaldo Borges, na Avenida Joaquim Didier, no Centro, bem próximo ao Pátio de Eventos Chucre Mussa Zarzar. Sua função será resolver questões de menor potencial ofensivo, ou seja, todos os delitos que houver e forem de menor gravidade serão resolvidos na hora. O órgão também atenderá demandas de shows privados como o Villa da Serra e Cohatá Clube.

O órgão contará com equipes compostas por juízes, promotores, servidores públicos, delegacia, IML, e outros. Tudo o que for necessário será realizado para que não haja providências pós evento. Isso significa que, a pessoa que cometer o delito sairá de lá com sua penalidade determinada, uma vez que a audiência acontecerá na hora.

Depois da reunião, os participantes foram pessoalmente conhecer as instalações da escola. Lá, foram recepcionados pelo gestor da unidade, Nadjaécio Coelho. Os locais onde cada setor irá funcionar foram identificados. Para que tudo funcione, uma equipe de tecnologia da informação tomará as providências necessárias para que o sistema de computação esteja em pleno funcionamento.

Mário Cavalcanti avaliou positivamente a ação. “A população terá perto todo o judiciário. Essa é uma importante conquista que, além de tranquilidade e segurança ao evento, também passa credibilidade aos nossos munícipes e visitantes”, disse o interventor.

“Nenhuma pendência será deixada para depois do evento. Vale destacar que o trabalho da equipe é voltado para questões de menor gravidade. O município ganha e o público terá a sua segurança como garantia”, afirmou Lídice Domingos.

Os secretários, Arthur Cunha, Governo, Comunicação e Imprensa, e Daniela Alecrim, turismo, também participaram do encontro.



Juizado da Páscoa avança em Gravatá‏
Ainda não votou
Like
Curtir Amei Haha Uau Triste Irritado

Compartilhar no WhatsApp:


Deixe seu comentário

Boa Live Gravata