(Post atualizado em: 30 de junho de 2017)

A vitória de Joaquim Neto no Supremo Tribunal Eleitoral – TSE, no dia de hoje (29/06), tem um significado histórico para a política de Gravatá. Faz mais de 10 anos que o atual Prefeito, eleito com uma vitória esmagadora em 2016, com mais de 27 mil votos, com diferença para o segundo de mais de 12 mil votos e para o terceiro, o guarda rodoviário Júnior Darita de mais de 23 mil votos, vem sofrendo perseguição de toda ordem.

Joaquim Neto sofreu durante todo esse tempo ataque de uma oposição obtusa e sem projeto para a cidade. O resultado da estratégia da mentira, da difamação, da denúncia vazia e da calúnia foi a vitória nas eleições de 2012, que chamei na época de um grande “estelionato eleitoral”. Ali se consolidou uma estratégia que aos pouco foi se revelando desastrosa para Gravatá: Uma administração sem orientação política, sem projeto de desenvolvimento da cidade e uma corrupção endêmica, que levou o afastamento do Prefeito eleito. Lembro que uma semana após a eleição o candidato derrotado, Joaquim Neto, vaticinou: “Não governa e não termina o mandato…”.

Além do significado histórico, a vitória de hoje de Joaquim Neto, tem mais dois significados importantes: O primeiro ponto relevante é o esvaziamento da forma mentirosa de fazer política da oposição, terá que repensar suas estratégias à luz da nova conjuntura política/administrativa da cidade. O segundo ponto é o Prefeito ter a legitimidade do voto para poder pensar a retomada do crescimento e do desenvolvimento da cidade, sem ter que estar olhando pelo retrovisor. Além de não ter que perder energia com o contencioso jurídico, ou seja, não temos mais contestação, disputa ou conflito de interesses.

Também, o Prefeito Joaquim Neto ganha mais musculatura política, necessária para os enfretamentos políticos futuros, e na luta cotidiana das aprovações de grandes projetos para a melhoria da cidade já protocolados em vários ministérios.

Embora estivesse vivendo esse cenário descrito acima, o Prefeito Joaquim Neto conseguiu com muita competência fazer com que o município andasse a passos largos. Chegando ao final do primeiro semestre com avanços em diversas áreas de sua administração, com destaque para a geração de emprego e renda e a recuperação, ainda que tímida, da economia com a retomada dos grandes eventos, como a Semana Santa e o São João, que tem um efeito multiplicador fascinante no setor de serviço.

Agora é seguir em frete e cumprir o compromisso de campanha. Gravatá AGORA É CRESCIMENTO.

Joeides Pereira

Economista e Secretário de Governo e Participação Social de Gravatá.

Joeides Pereira: Acabou o ciclo da mentira!
2.5 (50%) 2 votos
Like
Curtir Amei Haha Uau Triste Irritado