Guarda Municipal que disse ter sido Humilhado no Hospital de Gravatá é afastado

126
(Post atualizado em: 23 de fevereiro de 2016)
FotoGilvan Silva
A secretaria de saúde de Gravatá enviou uma nota-resposta para nossa redação na noite desta segunda-feira 23, referindo-se à denúncia sobre a humilhação sofrida por um Guarda Municipal, no Hospital Dr. Paulo da Veiga Pessoa, no dia 18 de fevereiro.

Segundo a Nota, o Guarda Municipal envolvido no caso, foi afastado. 

Confira abaixo a Nota na Integra.
Em relação à denúncia sobre uma possível humilhação sofrida por um Guarda Municipal, no Hospital Dr. Paulo da Veiga Pessoa, a Prefeitura de Gravatá, por meio da Secretaria de Saúde, informa ao Portal de Olho em Gravatá que, ao entrar na unidade, a diretora percebeu que, na ocasião, Guardas Municipais estavam sentados na sala de espera do Raio-X. Diante do que ela viu, foi solicitado que os profissionais fossem para a entrada da unidade onde, geralmente, ocorre o maior número de aglomeração. Diante da solicitação, um dos profissionais retrucou a determinação informando, na ocasião, que estava no local para guardar o patrimônio.

A Secretaria de Saúde entende, portanto, que não existe patrimônio maior do que a vida das pessoas que recebem o atendimento no hospital. Por isso, no ato do acontecimento, foi solicitado que o superior da Guarda Municipal comparecesse ao local para solucionar o problema. No mesmo dia, o profissional foi afastado, uma vez que, segundo informações colhidas anteriormente, o mesmo profissional já tinha apresentado problemas com outros servidores do hospital.

Guarda Municipal que disse ter sido Humilhado no Hospital de Gravatá é afastado
Ainda não votou
Like
Curtir Amei Haha Uau Triste Irritado

Compartilhar no WhatsApp:


Boa Live Gravata