Gravatá vive momento histórico com a passagem da Tocha Olímpica

276
(Post atualizado em: 31 de maio de 2016)
Tocha Olímpica Oficial em Gravatá 

Gravatá viveu um momento histórico na manhã desta terça-feira (31), quando a Tocha Olímpica passou pelo município. Mais de 20 mil gravataenses lotaram as ruas da cidade para saudar o maior símbolo dos Jogos Olímpicos. A Prefeitura montou um esquema especial, em parceria com o Comitê Olímpico, para assegurar a realização do evento. O clima foi de paz e confraternização.

Pontualmente, às 7h50, a Tocha chegou ao município vinda de Caruaru. O ponto de partida foi a via local da BR-232, nas proximidades da Rodoviária. De lá, a chama seguiu por um percurso de cinco quilômetros pelas principais ruas da cidade, sendo conduzida pelos atletas Wislanny Karoline (Karatê) e Ailton Vieira (Capoeira), entre outros nomes do esporte. O ex-jogador de vôlei Giovanni também esteve na cidade. O trajeto passou pelas ruas do Norte, João Pessoa, Cleto Campelo e Agamenon Magalhães.

Desde cedo a movimentação era grande na cidade. Mais de 50 escolas das redes municipal, estadual e particular participaram do evento. O clima de festa estava ainda maior no Parque da Cidade, onde o momento de celebração aconteceu. Bandas marciais, artistas locais, bacamarteiros, grupos de dança e capoeira animaram a festa.

O gestor do município, Mário Cavalcanti, prestigiou o evento. “Esse dia de festa ficará marcado na memória de todos os gravataenses. É gratificante ver a participação de milhares de estudantes, sociedade civil e todos os movimentos envolvidos direta ou indiretamente. Gravatá está de parabéns por este momento único em sua história”, destacou Mário, que estava acompanhado da sua esposa, Luciana Montarroyos.

Também acompanharam o evento os secretários Arthur Cunha (Governo, Comunicação e Imprensa), Adelaide Caldas (Saúde), Daniela Alecrim (Turismo), Marcus Alencar (Procuradoria Geral), Maria Ângela (Educação), Tercília Vila Nova (Desenvolvimento Sustentável e Agricultura), Francisco Pereira (Finanças), Luci Alves (Ipseg), Ronaldo Acioly (Administração) e Otávio Monteiro (Controladoria).

PARQUE DA CIDADE – No parque, o Mestre de Capoeira de Gravatá, Ailton Vieira (Mestre Muriçoca), passou a chama para a karateca Wislanny Karoline, que subiu ao palco apresentando a chama para todo o público. Aplausos e emoção marcaram todo o evento.

“É um momento único que eu jamais pensei viver. Fiquei emocionada com tudo isso que vi e senti hoje. O Karatê ainda não é um esporte olímpico, mas foi ele quem me deu a honra de conduzir a chama na minha cidade. Deu um frio na barriga, mas foi tudo certo. Agradeço a Deus e ao meu pai. Se hoje eu conduzi a chama foi porque ele me incentivou desde sempre”, disse Wislanny Karoline.

Para Mestre Muriçoca, “esse foi um momento que vou contar para meus filhos, meus netos”. “Ficará para sempre em minha memória. Representei minha cidade e todos os atletas do Brasil. Esse é um sentimento único que sou incapaz de descrever fielmente tudo o que estou sentindo”, afirmou.

Everton da Silva, estudante da Escola Municipal Francisco Galdino Chaves, no distrito de Russinhas, zona rural, foi o ganhador do concurso municipal de poesia. Ele subiu ao palco e leu seu texto que também se tornou música na voz do cantor gravataense Maurício Menezes.


Gravatá vive momento histórico com a passagem da Tocha Olímpica
Ainda não votou
Like
Curtir Amei Haha Uau Triste Irritado

Compartilhar no WhatsApp:


Boa Live Gravata