Gravatá Vive Drama na Economia Municipal Criada Pela Atual Gestão

173

E segue por ai, a Saga da tal ”Crise Econômica” criada pelo Atual Gestor da Cidade de Gravatá, Agreste Pernambucano.

DE OLHO EM GRAVATÁ
Pátio da Feira Livre de Gravatá


Mais uma vez o comércio de Gravatá sofre com os baixos lucros de vendas nos últimos tempos, e isso vale para os comércios pequenos e grandes, independente de patamar.

Só nos últimos três anos de Administração do Prefeito Bruno Martiniano, já fecharam mais de 210 pontos comerciais, incluindo outros pontos que já ameaçaram fechar as portas.

Lojas Importantíssimas, além de pousadas e hotel já fecharam as portas porque infelizmente não há lucro na Cidade de Gravatá, o dinheiro não anda na cidade e sim fora dela, isso se dá porque as pessoas estão saindo da cidade  para trabalhar fora, já que a cidade não oferece empregos e infelizmente os comerciantes estão mais para demiti do que para admitir.

As Ultimas Informações repassadas a nossa reportagem é que uma grande Empresa no ramo de Sapataria está preste a deixar a cidade, caso a situação não mude, além de um supermercado e uma Loja de Eletrodomésticos Muito famosa no estado de Pernambuco.

Infelizmente a tal CRISE foi causada pela má administração do atual gestor que em três anos e meio  realizou mais promessas que ações no município.

O Comércio por sua vez, está totalmente fragilizado, com quedas de vendas e com produtos acima do preço por conta da ”crise” formada.

Direto da Redação: Gilvan Silva 
NRG: Núcleo de Reportagem Gravataense
Gravatá Vive Drama na Economia Municipal Criada Pela Atual Gestão
Ainda não votou
Like
Curtir Amei Haha Uau Triste Irritado

Compartilhar no WhatsApp:


Deixe seu comentário

Boa Live Gravata