Gravatá e mais 11 cidades são inseridas no programa “MorbUrb Calçadas”

O desafio do Ministério das Cidades, junto com os municípios selecionados, é garantir que experiências como da prefeitura de São José dos Campos se multipliquem pelo Brasil.

1938
(Post atualizado em: 17 de novembro de 2017)

Gravatá foi uma das cidades brasileiras inseridas no Programa MorbUrb, do Governo Federal, com o objetivo de discutir ações específicas de ampliação e requalificação das calçadas dos municípios, dentro da Política de Mobilidade Urbana.

Durante um workshop realizado em Brasília, que reuniu agentes públicos e privados na troca de informações sobre experiências no setor, foi apresentado o “Projeto Calçada Segura“, iniciado há oito anos em São José dos Campos, onde a prefeitura desenvolveu um trabalho de conscientização dos moradores, apresentando a maneira correta de construir e reformar as calçadas.

A ideia é mostrar que uma calçada nivelada, sem buracos nem falhas e sem degrau ou obstáculo garante segurança e conforto para todos os pedestres, principalmente idosos, grávidas, crianças e pessoas com deficiência.

Além de Gravatá (PE), o Programa MorbUrb calçadas selecionou outros municípios: Chapada dos Guimarães (MT), Camocim (CE), Sinop (MT), Gurupi (TO), Trindade (GO), Criciúma (SC), Passo Fundo (RS), Nova Friburgo (RJ), Viana (ES) e Saquarema (RJ). A política de mobilidade em calçadas está prevista no Programa Avançar Cidades, que conta com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

O desafio do Ministério das Cidades, junto com os municípios selecionados, é garantir que experiências como da prefeitura de São José dos Campos se multipliquem pelo Brasil.

Gravatá e mais 11 cidades são inseridas no programa “MorbUrb Calçadas”
4 (80%) 13 votos
Like
Curtir Amei Haha Uau Triste Irritado
8

Compartilhar no WhatsApp: